sábado, 8 de agosto de 2015

Sobre o dia do meu nome.

Oi, gente linda!!

     Não sei vocês, mas eu adoro fazer aniversário!!
     Me amarro em ler as mensagens que me mandam e ver quem se lembrou do meu dia (ou foi lembrado pelo Facebook).
     Acho que é o momento de as pessoas expressarem mais concretamente e mais explicitamente o que sentem por você - mesmo aqueles que te veem todos os dias. E acho fofo porque isso se reflete em coisas mínimas, em cada pequeno detalhe.
     Meu aniversário é dia 18 de junho. Este ano, ganhei até "festinha surpresa" dos meus amigos da faculdade. Achei a coisa mais fofaaaa do mundo!!! (sou hiperbólica meRmo, kk)

Convite para a minha festa, kkk

MINHA FESTA FOI UM ARRASO, hahahaha
Os "organizadores", da direita pra esquerda: Johnny, Lorrana, eu, Calebe, Marcella e Mare S2

     Em casa, meus sogros e meu amor também foram uns fofos: ganhei torta; e brigadeiro; e vinho. S2

hmmmmmmmm

Da direita pra esquerda: Cris, André, Almir, Diulya e eu. 

     Minha madrinha, mesmo distante geograficamente, comemorou comigo (estamos de ressaca até agora, kkk):



     É um dia bastante especial! E, quando estava pensando sobre isso, lembrei de um cartão de aniversário que a minha mãezinha me deu há alguns anos em que ela escreveu sobre como o dia do meu aniversário era um dia dela também... E realmente é! Um filho muda toda uma vida e foi aquela guerreira quem te carregou por nove meses (ou oito. Ou sete. Ou seis. kk), ansiou pelo momento de olhar para a sua cara de joelho e te dar todo o amor do mundo (que ela já sentia antes mesmo de você vir ao mundo). Aliás, esse dia é mais dela do que seu. Com certeza foi um dos melhores dias da vida dela, um dia realmente marcante e inesquecível. Por isso, costumo sempre agradecer MUITO à minha mamãe pequenininha e linda da minha vida, porque sem ela eu não existiria (sério, não brinca). Porque ela disse sim à minha vida. Porque ela me ama mais do que qualquer um que eu conheça ou venha a conhecer. Porque ela me educou de uma maneira maravilhosa, e venceu tantas batalhas e tantas dificuldades para isso. Ela é a minha rainha, o amor da minha vida!! S2

Muito amor envolvido. S2


     Depois desse momento super meigo, voltemos a falar sobre meu niver: fiz 22 anos e estou assustadíssima - parece que foi ontem que completei 18.  É cliché, mas: O TEMPO VOA!!
     Então, vamos viver intensamente - um dia de cada vez. Vamos demonstrar um pouco mais o que sentimos por quem amamos. Vamos rir mais. Nos preocupar menos. AMAR mais! Afinal, como bem disse Charles Chaplin:

“A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, ria, dance, chore e viva intensamente cada momento de sua vida, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.”     


     Que post fofo, né? *-*

     Agora, depois desse bla bla bla whiskas sache todo, me responda: e você? como se sente no dia do seu aniversário? Conte pra mim nos comentários!

Um grande beijo!
Até o próximo post S2

4 comentários:

  1. Olá Line,
    nossa, eu também adoro aniversário mas não tenho essas tretas de niver surpresa pq o dia do meu nome cai justamente nas férias hahahah
    quanto a lembrar, acredite... capaz do face me lembrar do meu próprio aniversário kkkkkk
    também adorei o que você escreveu sobre sua mãe, amor de mãe é incondicional e insubstituível!
    além de amar essa fala do Chaplin, levo para vida
    Grande abraço,
    Vitu e sua rosca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vitu, o meu caía nas férias na época da escola, mas, como agora estudo numa pública de calendário irregular, caiu em dia de aula hahaha
      O Face é ótimo para ser nossa memória de aniversários <3
      Que bom que você, gostou, Vituuuu!!
      Beijão, obrigada por comentar!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...